Logo_Grande Porto Vinhos BebidasPT EN

 

Alentejo

 

Montes de Lá Regional TintoMontes de Lá Regional Tinto

Montes de Lá Tinto é um vinho fresco e macio, cuidadosamente produzido a partir das castas Trincadeira, Aragonez e Cabernet Sauvignon na sub-região Alto Alentejo.

Tecnologia de Produção: A vindima é feita manualmente para caixas de plástico de 25kg. Os cachos são totalmente desengaçados, fermentando depois as uvas em cubas de inox, a temperatura controlada, durante aproximadamente 10 dias. Após ligeira maceração, a fermentação maloláctica ocorre de forma espontânea. Por fim, o vinho passa por um curto estágio em barricas de carvalho francês.

Prova: Aroma fresco de frutos vermelhos e algum vegetal. Boa entrada de boca com fruta bem maturada, em estilo maduro. Continuação de prova mostra um vinho pronto a beber, suave e com boa acidez.

Enólogo: David Patrício

Sugestão: Para preservar as características da fruta e frescura deste vinho, servir entre 14 e 16°C. Ideal para acompanhar carnes de churrasco, carne de porco com ameijoas e estufados suaves.

 

 

 

 

 

Montes de Lá Regional RoséMontes de lá regional Rosé

Feito a partir das castas Touriga Nacional e Aragonêz na sub-região Alto Alentejo.

Tecnologia de produção: Vinificadas separadamente, as uvas são colocadas em depósitos de inox onde se processa uma maceração pelicular entre 12 a 24 horas, para uma suave extração de cor. A fermentação decorre em cubas de inox, em câmara de frio, a uma temperatura controlada de 12ºC.

Prova: De cor rosada, denota aromas frescos a morangos e framboesas. Na boca apresenta uma boa estrutura, com acidez equlibrada e de persistência prolongada.

Enólogo: David Patrício

Sugestão: Para preservar as características da fruta e frescura deste vinho, aconselha-se o consumo a 10-12ºC. Ideal para acompanhar refeições ligeiras de carnes brancas, peixe assado no forno, saladas e mariscos.

 

 

 

 

 

 

Montes de Lá Reginal Brancomontes de lá regional branco

Frescura e boa acidez são características que estão presentes no Montes de Lá Branco, tornando-o um vinho adaptado a praticamente todas as circunstâncias. Para obter este vinho na maior plenitude de degustação, é feita uma criteriosa selecção das melhores uvas das castas Antão Vaz, Arinto e Verdelho do Alto Alentejo, e é aplicada uma rigorosa interpretação da matéria-prima na adega.

Tecnologia de produção: As uvas são cuidadosamente colhidas à mão e colocadas em caixas de 25kg, seguindo de imediato para a adega, onde é feita uma rigorosa selecção das uvas. A fermentação decorre a baixas temperaturas (12-14°C) em depósitos de inox, e no fim é passado a limpo para separar as borras.

Prova: Na boca é fresco e macio, de aspecto límpido. Denota um aroma complexo com sugestões citrinas.

Enólogo: David Patrício

Sugestão: Aconselha-se o consumo a 10-12°C. Acompanha bem peixes grelhados, frutos do mar e saladas frias.

 

 

 

 

 

 

Montes de Lá Reserva BrancoMontes de Lá Reserva Branco

Montes de Lá Reserva Branco expressa no seu melhor as características do Alto Alentejo, uma zona abrangida pelo microclima da serra de S. Mamede. É elaborado a partir da casta Antão Vaz.

Tecnologia de Produção: A colheita é manual e antes do desengace total, as uvas são criteriosamente seleccionadas. O mosto, obtido por suave prensagem, decanta de forma natural durante 48h, sendo de seguida transferido para barricas de carvalho francês, onde decorre a fermentação. Segue-se um estágio de 6 meses na própria barrica, com bâtonnage.

Prova: De cor citrina, aroma a citrinos e toques de fruta tropical com nuances a madeira. É um branco expressivo, elegante com texturas finas e frescas.

Enólogo: David Patrício

Sugestão: Aconselha-se o consumo a 12°C. Ideal para acompanhar pratos de peixe e saladas.

 

 

 

 

Montes de Lá Reserva Tintomontes de lá reserva tinto

As características únicas deste vinho configuram o Montes de Lá Reserva como um vinho de excepção. Exprime, através das suas notas de elegância, uma fruição única do que o Alto Alentejo pode oferecer. É elaborado a partir das castas Cabernet Sauvignon, Alicante Bouschet e Trincadeira na sub- região Alto Alentejo.

Tecnologia de Produção: Os cachos foram manualmente colhidos para caixas de 25kg. À entrada da adega, são totalmente desengaçados e vão fermentar em cubas cónicas. O lote foi depois colocado em barricas novas de carvalho francês e americano onde estagiou durante 8 meses, seguido de 6 meses em garrafa.

Prova: Cor granada intensa, com notas de frutos do bosque complementado com sensações de tosta e fumados. Na boca é um alentejano estruturado de finos taninos e longa persistência.

Enólogo: David Patrício

Sugestão: Aconselha-se o consumo a 16°C. Ideal para acompanhar carnes assadas, risotto e pratos à base de presunto e enchidos.

 

 

 

 

 

Montes de Lá Grande Reserva TintoMontes de lá Grande Reserva Tinto

Montes de Lá Grande Reserva expressa no seu melhor as características do Alto Alentejo, uma zona abrangida pelo microclima da serra de S. Mamede. É elaborado a partir das castas Alicante Bouschet, Aragonez e Trincadeira.

Tecnologia de Produção: A vindima é feita manualmente para caixas de plástico de 25kg. Os cachos são totalmente desengaçados, fermentando depois em cubas de inox, a temperatura controlada durante aproximadamente 10 dias. Após a fermentação maloláctica o estágio ocorre em barricas novas de carvalho francês e americano durante 18 meses, seguido de 1 ano em garrafa.

Prova: De cor granada, denota aromas de fruta com mesclas de especiarias e baunilha. Na boca apresenta-se suave, com acidez equilibrada, taninos redondos e firmes, permitindo um final longo e persistente.

Enólogo: David Patrício

Sugestão: Aconselha-se o consumo a 16ºC. Ideal para acompanhar perdiz à portuguesa, rôti de borrego com ervas ou empadas de caça.